6 erros para não cometer em uma entrevista de emprego

PUBLICIDADE CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Ir a uma entrevista de emprego é um verdadeiro desafio para muitas pessoas. Isso porque as pessoas interpretam esse momento como um verdadeiro campo de batalha, sendo que não é bem assim. No entanto, mais importante do que fazer nesse momento, é o que não fazer. Por isso, vamos te mostrar 6 erros para não cometer em uma entrevista de emprego!

Dados da Robert Walters apontam que, no Brasil, somente 29% das pessoas realmente se preparam para uma entrevista de emprego. Neste sentido, não é difícil perceber porque muitas são desclassificadas, ou acabam passando perrengues para conseguir uma aprovação.

Dessa forma, mesmo que usem todas as dicas possíveis para se sair numa entrevista de emprego, alguns erros acabam afetando sua aprovação. Assim, para você não cometer nenhum deslize em um processo seletivo, confira 6 erros para não cometer em uma entrevista de emprego!

PUBLICIDADE CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

1 – Falar mal do seu antigo trabalho

O maior erro que você pode cometer em uma entrevista de emprego é falar mal do seu antigo emprego. Isso porque demonstra que você não sabe lidar muito bem com algumas situações negativas, e isso é um alerta para o recrutador. Neste sentido, também é fundamental saber o que falar dos seus antigos colegas de profissão. 

Sendo assim, é normal que qualquer profissional tenha experiências ruins na carreira, especialmente com empregos específicos. Contudo, tenha em mente que a entrevista de emprego não é sobre o que você fazia, ou quais problemas se envolveu, mas sim sobre uma nova oportunidade de emprego.

Dessa forma, para evitar manchar sua imagem na entrevista de emprego, só fale o absolutamente necessário em seu antigo emprego. Inclusive, caso haja uma pergunta espinhosa sobre seu antigo chefe ou colegas, seja delicado e contorne a situação sem ser brusco ou rude. 

2 – Não fazer perguntas

Muitas pessoas interpretam uma entrevista de emprego como um mero questionário, mas isso é um grande erro. Na verdade, as entrevistas atuais visam ser uma troca de experiência e, para que ela seja efetiva, é fundamental que haja um diálogo interessante entre os participantes.

PUBLICIDADE CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Dessa forma, fazer perguntas é essencial para fazer perguntas durante a entrevista de emprego, pois demonstra que você tem interesse em como as coisas acontecem na empresa, além de mostrar sua proatividade. Por outro lado, é essencial não perguntar demais, pois isso pode parecer inadequado. 

Em suma, as empresas atuais buscam profissionais qualificados e dinâmicos e, dessa maneira, nada melhor do que alguém que interaja com o recrutador. Portanto, se tiver dúvidas ou acreditar que sua pergunta complementa o desenvolvimento da entrevista, não hesite em falar!

3 – Comentários negativos

Se falar mal do seu antigo emprego é uma péssima ideia numa entrevista de emprego, saiba que também há outro hábito muito ruim nesse momento: os comentários negativos. Entre eles, temos o hábito de falar mal do antigo trabalho, ou simplesmente falar como é difícil encontrar emprego.

Por outro lado, muitas pessoas criticam o segmento onde atuam, dizendo ser difícil estar no mercado de trabalho. Assim, mesmo que seja difícil encontrar oportunidades, despejar essa negatividade em cima do recrutador não ajuda em nada.

Sendo assim, evite comentários negativos de qualquer tipo, pois pessoas que fazem comentários negativos, obviamente, são pessoas difíceis de conviver – e nenhuma empresa quer uma dessas por perto!

4 – Mentir

Mentir é um hábito ruim em qualquer situação social. No entanto, mentir numa entrevista de emprego é uma das piores coisas a se fazer no ramo profissional. Na prática, mesmo que pareça uma mentirinha boba, é provável que a verdade chegue em algum momento. 

Neste sentido, existe a possibilidade de você ser pego no flagra, ou seja, ser facilmente descoberto e perder a vaga; ou simples você pode ser aprovado, mas, como todos sabemos, a mentira tem perna curta e é claro que o recrutador vai saber a verdade uma hora.

Sendo assim, por menor que seja, as mentiras não colaboram com o seu currículo numa entrevista de emprego. Inclusive, não é mentir somente no currículo, mas também em como você se comporta no dia a dia ou até mesmo hábitos. 

5 – Não conhecer a empresa

Um dos maiores erros que as pessoas cometem em entrevistas de emprego é não saber nada da empresa onde quer trabalhar. Na prática, como alguém pode trabalhar em um lugar onde não sabe nada? Isso porque as empresas, obviamente, questionam os conhecimentos de cada candidato sobre suas atividades ou cargos.

Neste sentido, mesmo que só conheçamos verdadeiramente uma empresa ao trabalhar nela, também podemos saber mais sobre ela de outras maneiras. Para isso, basta utilizar o seu site oficial, redes sociais – como o LinkedIn – ou até mesmo o seu canal no Youtube.

Fazendo isso, você conhece o que a empresa faz, com quem trabalha, qual é o seu segmento e até mesmo o seu código de vestimenta. Por outro lado, pesquisar essas informações será fundamental para você determinar se realmente quer ocupar seu tempo nessa empresa, ou se vale a pena buscar outra oportunidade. 

6 – Não saber o que falar de você mesmo

Seja no mundo corporativo ou até mesmo acadêmico, o autoconhecimento é um dos grandes pilares para ter sucesso – talvez o maior. Neste sentido, para irmos numa entrevista de emprego, é esperado que saibamos o mínimo sobre nós mesmos, pois isso demonstra determinação e sabedoria.

Na prática, as entrevistas de emprego pedem uma apresentação pessoal, ou seja, você precisa falar das suas conquistas e experiências. No entanto, quando você mal sabe essas informações sobre si mesmo, como demonstrar que tem capacidade para atuar corretamente na empresa contratante?

Dessa forma, é importante que você entenda que falar pouco de si mesmo, ou não saber o que falar, demonstra muito despreparo da sua parte. Por outro lado, falar excessivamente de si é irritante e, é claro, que nenhum recrutador vai querer contratar uma pessoa narcisista. 

Por fim, antes da entrevista de emprego, dedique alguns minutos para entender quem você é, quais são suas conquistas e como você pode agregar nessa instituição. Fazendo isso, além de responder uma das perguntas mais fundamentais de uma entrevista, você ainda parecerá sincero e encorajado para o entrevistador. 

Leia mais: Como lidar com a ansiedade antes de uma entrevista de emprego